Linha do Tempo


1992

Nasce o movimento

Idealizado e fundado por Betinho, em parceria com as ONGs FASE, IBASE, IDAC e ISER, o movimento Se Essa Rua Fosse Minha dá seus primeiros passos. Com o objetivo de arrecadar recursos para ações de garantia de direitos de meninos e meninas em situação de rua, ocorre a produção e lançamento de um disco e um videoclipe da música "A luz do mundo" (Chico Buarque, Djavan, Arnaldo Antunes e Caetano Veloso), com a participação de diversos cantores da MPB e outras personalidades. Na contracapa do disco, a mensagem de Betinho permanece contemporânea e ainda nos desafia: ''Quando uma sociedade deixa matar as crianças é porque começou seu suicídio como sociedade. Quando não as ama é porque deixou de se reconhecer como humanidade. 'SE ESSA RUA FOSSE MINHA' é um movimento que tem como objetivo mobilizar toda a sociedade brasileira para resolver o que hoje é um grande escândalo: a situação das crianças deste País, particularmente daquelas que trabalham e vivem nas ruas.''


1992

Jogo da Paz no Maracanã

No início da temporada do futebol brasileiro, um jogo contra a violência nos estádios reúne um combinado de Flamengo e Vasco contra um combinado de Corinthians e Palmeiras, no Maracanã. O evento atrai um público de 70 mil pessoas e a renda é doada a diversas instituições, incluindo a Se Essa Rua Fosse Minha.

Nepar

Implantação dos Núcleos de Educação a partir das Ruas. Centenas de crianças, adolescentes e jovens passam a ser acompanhadas na construção de projetos em alternativa à vida nas ruas.

Inauguração da sede

O imóvel na Rua Alice abre suas portas para atividades diárias com meninos e meninas em situação de rua. Depois, amplia suas ações, atuando como um centro de formação para crianças, adolescentes e jovens das favelas de Laranjeiras, Cosme Velho e Santa Tereza.


1994

Casa de Acolhida de Vila Isabel

Criação do espaço para acolhimento de jovens que vivem em situação de rua. O projeto surge de uma parceria com a Prefeitura do Rio e com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento Social (BID).

Formação de educadores

A Se Essa Rua contribui para a formação de 200 profissionais da Prefeitura do Rio de Janeiro para atuar nas ruas.

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Aprovada a Lei nº 1.873 que criou o órgão no município do Rio de Janeiro.


1999

Núcleos de Atividade e Convivência Comunitárias

Os NACs surgem como espaço de convivência, multiplicação direcionada e desenvolvimento da metodologia Circo Social para fortalecimento do protagonismo juvenil.


2000

Rede Circo do Mundo Brasil

A ONG participa da criação dessa rede, em parceria com a FASE e outras organizações sociais.

Cirque du Soleil

Início do processo de formação continuada de jovens da Rede Circo do Mundo Brasil junto à famosa companhia multinacional canadense.

Circo Social na Maré

Implantação de um núcleo da Se Essa Rua junto à Ação Comunitária do Brasil na Vila do João, no Complexo da Maré/RJ.


2001

Rede Rio Criança

A Se Essa Rua integra a primeira rede de atendimento a crianças e adolescentes em situação de rua no município do Rio de Janeiro.


2002

Circo Social em Queimados

Na comunidade Vila Camorim, no município da Baixada Fluminense, é inaugurada a primeira lona de circo da ONG, em parceria com a Terre des hommes (Suíça).


2003

Cia. de Jovens Griot

Criação da companhia de espetáculos da Se Essa Rua, com o apoio do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef). Formada por jovens artistas de São João de Meriti, produz trabalhos baseados em pesquisas de temas diversos, como a diáspora africana no Brasil e contos da mitologia, e no resgate oral de histórias de anciãos de suas comunidades.


2004

Circo Social em Paciência

Instalação da segunda lona da Se Essa Rua, batizada de Circo das Bromélias. Em parceria com a ONG Promenor da Espanha, é estendida na Favela do Aço, na zona oeste do Rio.

Dando Bola para a Vida

Desenvolvido na comunidade do Cerro-Corá, no bairro Cosme Velho, zona sul do Rio, o projeto cria espaços de convivência e integração comunitária abertos à participação não só dos educandos e educandas da Se Essa Rua como de famílias, professoras de escolas públicas e líderes de associações de moradores locais. Ao todo, atendeu cerca de 4.600 pessoas por meio de atividades do Circo Social.


2008

Circo Social em São João de Meriti

Abertura de mais um núcleo do projeto. Desta vez, em parceria com a Casa da Cultura da Baixada Fluminense.


2009

1ª Jornada de Educação para Promoção da Igualdade Racial na Baixada

Realização e coordenação do evento que propõe o debate e a promoção das relações étnico-raciais por meio de palestras, oficinas, exposições, apresentações artísticas e grupos de trabalho. Com o tema "Conhecer, reconhecer e se comprometer", a jornada reúne em São João de Meriti educadores, estudantes e outros representantes da sociedade civil dos 13 municípios da Baixada.


2011

2ª Jornada

Em Nova Iguaçu, o encontro aborda o tema "Por uma infância sem racismo" e conta com a participação de profissionais da área de Educação, estudantes e representantes da sociedade civil de 20 municípios da Região Metropolitana.


2013

3ª Jornada

Com o mesmo público-alvo das edições anteriores, essa Jornada de Educação para Promoção da Igualdade Racial na Baixada propõe a discussão do tema "País rico é país sem desigualdades". O evento é realizado em Duque de Caxias.

Projeto Brasil Próximo

A Se Essa Rua participa da iniciativa pioneira de amplo levantamento de instituições, grupos, dados e escuta de vários sujeitos envolvidos com atividades culturais e de juventude dos municípios da região. O projeto integra o Programa Descentralizado de Cooperação Brasil-Itália e é desenvolvido em parceria com os governos dos dois países, juntamente com o IBASE e outras instituições.


2014

Circo Escola em São João de Meriti

Criação do Circo Escola Benjamim de Oliveira, na comunidade de Venda Velha. A lona recebeu esse nome em homenagem ao primeiro palhaço negro do Brasil. Inicialmente o projeto, desenvolvido em parceria com a Petrobras, recebe o nome de Território de Educação para Promoção de Igualdade Racial (Tepir).

Baixada para Cima

O projeto da Se Essa Rua desenvolve a pesquisa e promoção de atividades de arte e cidadania em escolas públicas dos 13 municípios da Baixada Fluminense. Parceria com o Comitato Internazionale per lo Sviluppo dei Popoli (CISP) e financiamento da União Europeia.


2015

Trupe Malungos

Criação do grupo de referência artística do Circo Escola Benjamim de Oliveira. É integrado por educandos e educandas do programa avançado de formação e qualificação de jovens artistas desenvolvido pela ONG.

Festival Internacional de Circo Social

Os jovens Jorge Luiz da Silva Neto e Matheus dos Santos Rodrigues, educandos do Circo Escola Benjamin de Oliveira, são os únicos brasileiros a representar o país durante a 2ª edição do Circomondo, na cidade italiana San Gimignano. Um dos objetivos do festival é dar visibilidade ao Circo Social como método pedagógico de integração social.

Mapeamento dos Grupos Criativos da Baixada Fluminense

Lançamento da publicação com os resultados do Projeto Brasil Próximo.


2019

Educandos aprovados na ENC

Os jovens Marcos Vinícius Silva Fagundes e Matheus Venito Pereira, formados pelo Circo Escola Benjamim de Oliveira, são aprovados no concorridíssimo processo seletivo para ingresso na turma 2019-2021 do Curso Técnico em Arte Circense da Escola Nacional de Circo.